Lançamentos de Serviços das Notas de Entrada

Navegação:  Fiscal > Lançamentos > Notas de Entrada >

Lançamentos de Serviços das Notas de Entrada

Página anteriorVoltar ao tópico principalPróxima página

 

Nesta aba serão lançados os dados de Notas de Serviços (ISS).

 


ATENÇÃO: Para agilizar o lançamento, configure o tipo de lançamento com a opção de Somente Serviço (exclusivo) ou marque a opção Pedir Informações de Serviço. Após preencher os dados da nota o sistema abrirá a janela Serviço automaticamente.


 

Item de Serviço: Selecione o tipo de serviço que deve estar devidamente cadastrado em Cadastros\ Prestação de Serviço\ Itens de Serviço.
Código Fiscal: Selecione o código fiscal que deve estar devidamente cadastrado em Cadastros\ Prestação de Serviço\ Código Fiscal.
Situação Tributária: Selecione a situação tributária que deve estar devidamente cadastrado em Cadastros\ Prestação de Serviço\ Situação Tributária.
ISS retido antecipadamente: Marque para os casos de ISS retido antecipadamente pelo tomador.
Devido no local da prestação: Marque para os casos em que o ISS é pago no local da Prestação do Serviço.
UF: Selecione o Estado (Unidade de Federação). Será habilitado somente para os casos de ISS devido no local da prestação.
Município: Selecione o Município onde o serviço foi prestado, para o caso de ISS devido no local da prestação.

Gerar NFTS referente a esta nota: Este campo será exibido somente para estabelecimentos do município de São Paulo/SP. Para isto, deve estar informado no cadastro do estabelecimento o município corretamente e a identificação se dará através do código no IBGE.
O campo será marcado automaticamente se o emitente da nota fiscal for de município diferente de São Paulo, podendo ser desmarcado, caso a NFTS tenha sido gerada por ocasião do pagamento do serviço, diretamente pelo tomador. A identificação do município também se dará através do código no IBGE referente ao município informado no cadastro do emitente.
Valor de Serviço: Apresenta o mesmo valor informado no campo do Valor Valor do serviço da aba bases.

Sobre este valor será aplicado o percentual de redução informado no cadastro do item de serviço.


IMPORTANTE:

 

a)No momento do lançamento, é necessário passar pelo campo Valor de Serviço para que seja calculado o valor de redução na base de cálculo do ISS.

 

b)Para os lançamentos já gravados, o sistema não tratará de modo automático o cálculo do percentual de redução informado no cadastro do item de serviço, caso haja alterações no lançamento.

 

Base de Cálculo: Apresenta o mesmo valor informado em Valor de Serviço, podendo ser alterado.
Alíquota: Será considerada a alíquota do Código do Serviço se esta tiver sido informada ou a alíquota do cadastro de Estabelecimentos/ Parâmetros/ Fiscal/  Tributação/ ICMS/IPI/ISS.  
Valor do ISS: Imposto calculado multiplicando a base de cálculo pela alíquota, podendo ser alterado.
Isentas ISS: Diferença entre o Valor Contábil da nota e o Valor de Serviço.
Valor Materiais: Informe o valor referente aos materiais utilizados, que não são tributados pelo ISS.
Valor Subempreitadas: Informe o valor de serviços subcontratados, que não são tributados pelo ISS.

 

OBSERVAÇÃO: Se no Cadastro do Item de Serviço estiver  marcada a opção "Aluguel Pago a Locador Pessoa Física habilitará os campos:

Valor do Aluguel: Apresenta o mesmo valor informado em Valor de Serviço, não podendo ser alterado.
Deduções: Informe o valor referente as deduções do Aluguel caso exista.
Base de Cálculo: Valor do Aluguel menos Deduções. O valor informado neste campo será utilizado para cálculo do IRRF.
Nos quadros 'Tributos Retidos pelo Crédito/Pagamento' e 'Tributos Retidos pelo Pagamento' informe os valores retidos na nota fiscal. Para as notas de entrada é possível emitir a DARF para recolhimento do tributo retido.

Os valores serão calculados automaticamente, permitindo alterações:

Se os tributos federais estiverem selecionados no cadastro do item de serviço;
Se nos parâmetros da empresa estiverem informados os percentuais de retenção. Para o cálculo automático das retenções, será considerado o "Valor mínimo de NF para retenção", informado nos cadastro do estabelecimento (Parâmetros/ Fiscal/ Tributação/ Retenção de Tributos).
Nos campos referentes a retenção de PIS, COFINS e CSLL, se somar a retenção dos três tributos e se esta soma for menor que 10,00 zerará o valor de cada um deles.
Data do Pagamento: Se no cadastro do estabelecimento, em Parâmetros/ Fiscal/ Tributação/ Retenção de Tributos, estiver marcada a compensação do imposto retido pelo regime de caixa, informe a data do pagamento da nota, para que o sistema considere esta data para retenção, e não a data da emissão da nota.
O valor do IRRF em caso de Aluguel Pago a Locador Pessoa Física será calculado da seguinte forma:
Base de Cálculo (*) Alíquota  (-) Dedução (de acordo com a Tabela de IRRF da Folha de Pagamento).  Caso o valor do IRRF seja inferior a R$ 10,00 será zerado o valor do IR.

Exemplo:                        

Base de cálculo = 6.500,00 ---- Alíquota = 27,50% => ---- Dedução=>  = 869,36 (Verificar valores do Teto na Tabela de IRRF)        .

=> 6.500 * 27,50% = 1.787,50 - 869,36 = > 918,14 (Valor IRRF Retido a Recolher)

Tópicos relacionados:

 

Livro de ISS (padrão)

 

Relação de Bases de Cálculo