Parâmetros Principais da Contabilização da Empresa

Navegação:  Gerenciador de Sistemas > Empresas > Cadastro de Empresas > Parâmetros > Sistema Contábil >

Parâmetros Principais da Contabilização da Empresa

Página anteriorVoltar ao tópico principalPróxima página

Nesta tela devem ser definidos os parâmetros principais da contabilização.

 


Estrutura do plano de contas: Defina como será estruturado o plano de contas, informando a quantidade de níveis, e a quantidade de dígitos de cada nível.

 

Digite a letra X, para determinar o número de dígitos, e o - (traço ou sinal de menos) para determinar a separação de cada nível.

Não é possível alterar a estrutura do plano de contas depois que efetuar o cadastro das contas.

 

Exemplo de Estrutura de Plano de Contas.

Grau

Estrutura

X-

X-

XX-

XX-

XXXX

Quantidade de dígitos por nível

9

9

99

99

9999

 


Sequência de código reduzido: Código correspondente a conta analítica (conta de último grau na estrutura) gerado pelo sistema e utilizado na digitação de lançamentos. Pode ser alterado se houver necessidade. Para que o primeiro código a ser atribuído pelo sistema seja 1 (um), informe 0 (zero). Após inclusão das contas no plano, o sistema irá atualizar este campo automaticamente com o último código cadastrado.

 

Importante: Este código não pode ser superior a 90.000. Caso seja ultrapassado este número, irá aparecer a mensagem "O intervalo de 90.000 a 99.999 está reservado para rotina de lançamentos contábeis automáticos."

 


No quadro Livro Caixa:

 

Conta de Caixa: Informe a conta analítica de caixa para a emissão do Livro Caixa.

 

No quadro Opção de Emissão:

 

Com base na movimentação da Conta Caixa

A emissão do Livro Caixa será com base nos lançamentos efetuados na conta contábil acima.

Com base nos lotes de caixa

A emissão do Livro Caixa será com base nos lançamentos dos Lotes de Caixa.

 

 

Produtor rural pessoa física obrigado ao LCDPR: Campo habilitado apenas se não tiver CNPJ informado no cadastro da empresa. Deve ser marcado, quando o produtor rural pessoa física for obrigado ao LCDPR, para que seja possível informar campos específicos nos lançamentos contábeis da atividade rural e posterior geração do arquivo. Veja aqui o manual completo de geração do LCDPR.

 


Opção padrão para detalhamento dos relatórios: Neste quadro deve ser definido qual é o número do grau referente ao plano de conta que será considerado como padrão na emissão dos relatórios contábeis.

 

Desta forma, no sistema Contábil, ao acessar a tela de emissão dos relatórios, já trará o número do grau automaticamente preenchido conforme a opção padrão e conforme a estrutura do plano de contas de cada empresa. Se precisar, o campo pode ser alterado na emissão.

 

As opções são:

 

Último grau: Trará por padrão sempre o último grau do plano de contas, ou seja, trará a informação de forma analítica. Esta opção traz mais detalhes, porém, torna a emissão mais lenta.

 

Penúltimo grau: Trará por padrão sempre o penúltimo grau do plano de contas, ou seja, trará a informação de forma sintética. Esta opção é a mais recomendada pois esse nível de detalhamento normalmente apresenta todas as informações suficientes para verificação dos relatórios e a emissão é mais rápida.

 

Antepenúltimo grau: Trará por padrão sempre o antepenúltimo grau do plano de contas, ou seja, trará a informação de forma bastante sintética.

 

Por exemplo, em um plano de contas com a estrutura: X-X-XX-XX-XXXX (cinco graus), o grau apresentado como padrão na tela de impressão dos relatórios será:

 

5 - se parametrizado o último grau;

4 - se parametrizado o penúltimo grau;

3 - se parametrizado o antepenúltimo grau.

 

Este parâmetro gera duas grandes vantagens: A primeira é possibilitar a emissão de relatórios em tempo bem menor. A segunda, é eliminar a necessidade de se ter que saber exatamente o número de graus dos planos de contas das diversas empresas cadastradas no sistema.

 


Libera lotes em aberto: Por ocasião do lançamento serão sempre apresentados os totais de débito, crédito e a diferença entre eles, podendo ser confirmada ou não a liberação do lote, se houver diferença nos valores, dependendo deste parâmetro.

 


Permite lançar em lote liberado: Permitir o lançamento em lotes que já estão liberados, ou seja, tornando os lançamentos OnLine. Caso esta opção não esteja marcada você deverá primeiramente estornar, ou marcar o lote não liberado, efetuar os lançamentos e acertos desejados e então liberar novamente o lote.

 


Permite importar lotes com diferença entre débito e crédito: Permite importar lotes com diferença, entretanto se a opção não estiver selecionada, o sistema não permitirá a importação.

 


Entidade sem fins lucrativos: Se marcada esta opção, na emissão dos relatórios contábeis, serão apresentados os termos "Superávit" ou "Déficit", ao invés de Lucro ou Prejuízo.

 


Efetua Lançamentos de ajuste do RTT: Deve ser marcada esta opção se a empresa efetua lançamentos de ajustes do RTT, para geração do Controle Fiscal Contábil de Transição (FCONT), que consiste na escrituração das contas patrimoniais e de resultado, em partidas dobradas, que considera os métodos e critérios contábeis vigentes em 31/12/2007.

Com esta opção marcada, ao efetuar os lançamentos contábeis serão habilitados campos específicos.