Cadastro de Produtos (Itens de Estoque)

Navegação:  Fiscal > Cadastros > Produtos >

Cadastro de Produtos (Itens de Estoque)

Página anteriorVoltar ao tópico principalPróxima página

Permite efetuar a manutenção nos itens de notas fiscais. Estas informações serão utilizadas para geração da DIPI, para os estabelecimentos contribuintes do IPI, e também para a geração do arquivo para o FISCO, conforme convênio ICMS 57/96.

Código: Informe um código numérico com até 10 dígitos, máximo (2.147.483.648).

 

Identificação: Código alfanumérico que será considerado na importação de itens de outros sistemas. Importante para os estabelecimentos que costumam identificar seus produtos com letras e números.

 

Descrição: Nome do item a ser cadastrado. Campo alfanumérico, permite digitar até 40 caracteres.

 

GERAIS:

 

NCM: Código do item de acordo com a Nomenclatura Comum do Mercosul.

 

Unidade de Medida: Selecione a Unidade de Medida de quantificação do inventário, correspondente ao item. A unidade deve ser previamente cadastrada em Cadastros\ Produtos\ Unidades de Medida.

 

Fatores de Conversão: Abre uma nova tela para que sejam cadastrados os fatores de conversão correspondente a este produto, quando utilizada unidade de medida diferente entre a quantificação do inventário e a comercialização do produto. Por exemplo, quantificado no estoque em "UNIDADE" e comercializado em "CAIXA". Se a unidade de comercialização for igual a de estoque, não é necessário cadastrar a conversão.

Tipo do Produto: Selecione uma das opções. (Ex.: Mercadoria para revenda, Matéria-prima, etc.)

 

Peso: Peso unitário do item. Se não houver informação, preencher com zero.

 

CEST: Informar o código CEST do produto. Se não houver informação, não preencher.

 

Alíquota Interna de ICMS: Informe a alíquota de ICMS para o cálculo do imposto no momento do lançamento.

 

Alíquota IPI: Informe alíquota do IPI para cálculo do imposto no momento do lançamento.

 

Quadro Situação Tributária: Informe neste quadro o Código da Situação Tributária para ICMS, IPI e PIS/COFINS, de Entradas e Saídas. Estes códigos serão utilizados no lançamento de notas ficais, bem como na importação de notas de entrada (NF-e ou DANFE).

 

Codificação do Produto para a EFD Contribuições: Os campos deste quadro são habilitados de acordo com o CST PIS/COFINS de Saída.

 

Para CST PIS/COFINS 01 e 49: não habilita nenhum campo do quadro;
 
Para CST PIS/COFINS 02 e 03: habilita o campo Produto para que, através desta seleção, as alíquotas de PIS e COFINS sejam definidas.
 
Para CST PIS/COFINS 04 a 09: habilita o campo Produto para selecionar a natureza da receita isenta, correspondente ao CST informado.

 

Neste quadro ainda, tem a opção de Regime de Tributação, que será habilitado somente se a empresa estiver parametrizada como regime cumulativo e não-cumulativo simultaneamente e se o CST PIS/COFINS de saída for igual a 1. Neste quadro, deve ser definido para o produto qual é o regime, entre cumulativo e não-cumulativo.

 

Fator de Conversão: Utilizado por estabelecimentos que geram informações para a DNF. Serve para converter uma quantidade qualquer informada na nota fiscal, na unidade que a receita exige para determinado produto.

 

Medicamento: estes campos serão utilizados na geração do arquivo com registro C173 no Sped Fiscal.

 

Tipo: Informe o tipo do medicamento selecionando uma das opções:

      0 - Similar; 1 - Genérico; 3 - Ético ou de Marca.

 

Referência BC: Informe a referência, selecionando uma das opções:

     0 - Preço tabelado ou máximo sugerido; 1 - Margem de valor agregado; 2 - Lista Negativa; 3 - Lista Positiva; 4 - Lista Neutra.

 

ESTADUAIS:

 

Quadro AMAZONAS: Exclusivo para geração da DIA - Declaração Mensal. Selecione o índice do código geral utilizado para o produto. Informe o Código GGREM (Gerência Geral de Regulação do Mercado de Medicamentos), e o Código de tributação do produto. Caso o produto possua mais de uma tributação, informe a mais frequente.

 

Quadro PERNAMBUCO: Exclusivo para os beneficiários do Prodepe. Selecione o Código de Apuração - PRODEPE, conforme cadastro efetuado em Cadastros/ Código de Apuração - PRODEPE. Para os Produtos não Incentivados selecionar o código 1.

 

Quadro RIO DE JANEIRO: Exclusivo para a apuração do FECP-RJ, marque a opção caso o item não tenha incidência de FECP.

 

Quadro PARANÁ: Exclusivo para apuração ADRC-ST. Informe a alíquota do FECOP, e selecione a opção 'Produto sujeito ao FECOP' e 'Produto se enquadra no art. 119 do RICMS/2017' se este produto for sujeito ou se enquadrar no artigo 119.

 

Grupos de Produtos: Informe o grupo de produto. Este será utilizado como filtro na emissão do relatório gerencial itens da nota fiscal.

 

Clique em pesquisar para facilitar a localização dos produtos. Poderá utilizar o filtro por descrição e/ou NCM (Nomenclatura Comum do Mercosul).

 

Tópico relacionado:

Lançamentos de Itens (produtos)