Parâmetros para Importação de Notas

Navegação:  Gerenciador de Sistemas > Empresas > Cadastro de Empresas > Cadastro de Estabelecimento > Parâmetros > Fiscal >

Parâmetros para Importação de Notas

Página anteriorVoltar ao tópico principalPróxima página

 

Informar nesta aba se o estabelecimento baixará notas através do IOB Gerencia e/ou fará importação automática destes arquivos, através do agendador de rotinas.

 


Importar Automático: Marcar a opção caso para o estabelecimento as notas fiscais sejam importadas pelo agendador.

 

Verifique aqui o procedimento completo para importação de notas fiscais em lote.

 

OBSERVAÇÃO:

Para a importação automática não será possível parametrizar dois estabelecimentos com o mesmo CNPJ. Ao tentar marcar o segundo estabelecimento será emitido um alerta, impossibilitando a parametrização.

 

Isto ocorre, pois no arquivo de nota (XML ou TXT) o sistema identifica o estabelecimento correspondente pelo CNPJ e se houver dois iguais, não será possível identificar de qual deles o arquivo refere-se.

 


Buscar notas do NFe: Se marcada esta opção os arquivos de NF-e serão baixados do NFe. Para utilizar esta funcionalidade o estabelecimento selecionado, na barra de atalhos, deverá utilizar o NFe como armazenamento dos arquivos de NF-e e autorizar o escritório contábil a efetuar a importação.

 

OBSERVAÇÕES:

 

Se marcada a opção 'Verificar periodicamente a existência de NF-e para importação', em Utilitários\ Configurações, a cada 02 (duas) horas o sistema verificará se existem notas a serem baixadas do NFe para o estabelecimento que estiver selecionado na Barra de Atalhos, caso existam será exibido um alerta no botão NFe, na parte superior da barra de atalhos.
A importação destes arquivos para o CEF poderá ser feita de forma manual, pela rotina Integração com o NFe, a qual será aberta ao clicar no botão NFe com alerta da barra de atalhos. Ou, automaticamente, pelo Agendador de Rotinas marcando a opção abaixo 'Importar Automático'.

 


IOB Gerencia XML: O IOB Gerencia XML é um aplicativo que reconhece os XML’s de e-mails cadastrados e importa NFe e CTe direto do site da SEFAZ e Receita Federal, de forma automática.

 

Este aplicativo também mantém as NFe´s e CTe´s organizadas e disponíveis para consultas pelo tempo que for necessário, através do sistema de armazenamento em nuvem.

 

Para utilizar o IOB Gerencia XML, este aplicativo deve ser adquirido junto ao comercial da ao3. Verifique mais detalhes aqui.

 

O IOB Gerencia XML pode ser utilizado de duas formas:

 

1) Somente pelo escritório contábil ou empresa, que fará a baixa diretamente da SEFAZ ou RFB. Nesta opção, o escritório precisa ter acesso ao certificado digital de seu cliente.

 

Neste caso deve ser marcada a opção "Buscar notas da SEFAZ".

 

Com esta opção marcada, nas rotinas de baixa de notas fiscais eletrônicas, no Fiscal, já trará por padrão a opção de baixar as notas através do IOB Gerencia XML, diretamente do site da SEFAZ, para os estados de Pernambuco e Rio Grande do Sul. Também, será efetuada a baixa através do IOB Gerencia XML quando estiver parametrizado para efetuar importação automática, através do Agendador de Rotinas. Neste caso, somente será possível efetuar esta baixa se o certificado for do tipo A1, ou seja, se estiver instalado no computador.

 

2) Pelo escritório e por seu cliente, através de um plugin do IOB Gerencia XML que deve ser instalado no cliente. Assim, a baixa das notas ocorre direto no cliente e o escritório busca as notas já baixadas para importar no Fiscal. Nesta opção, o escritório não precisa ter acesso ao certificado digital do cliente.

 

Neste caso deve estar marcada a opção "Buscar notas armazenadas".

 

Para uso do plugin, o escritório deve, através do IOB Gerencia XML, enviar o instalador juntamente com um convite a seu cliente. Assim, o cliente instala o plugin, configurando o certificado digital e outros dados. Este plugin funcionará como um agendador, baixando automaticamente as notas e armazenando-as na "nuvem". Verifique aqui o procedimento para enviar o plugin ao cliente. Verifique aqui o procedimento para o cliente utilizar o plugin para baixar e armazenar as notas.

 

Depois, o escritório fará a importação para o Minha Gestão Contábil, que buscará as notas baixadas anteriormente pelo seu cliente.

 


Último NSU RFB: Este campo é de controle automático do sistema, utilizado na rotina que efetua a baixa das notas de entrada a partir do portal da RFB. O sistema grava automaticamente o último número toda vez que efetuar a baixa das notas, iniciando a partir deste número na próxima vez que efetuar o procedimento.

Se por algum motivo for necessário baixar todas as notas novamente, este número deverá ser zerado manualmente.


Armazenar Notas:

 

Deverá ser marcada uma das opções disponíveis, conforme necessidade: Ambas, Somente entradas ou Somente saídas;

 

Na importação de XML, quando o cliente tiver o IOB Gerencia, vai enviar para o diretório padrão (que será usado para armazenamento), as notas conforme a opção.

 

Importação\ NF-e/NFC-e/CF-e (XML Saída/Devolução de Venda): ambas, somente entradas (devolução) ou somente saídas, conforme tipo de nota que está sendo importada.

Importação\ NF-e (XML Entrada): ambas ou somente entradas.

Importação\ CT-e (XML Entrada/XML Saída): ambas, somente entradas ou somente saídas, conforme tipo de nota que está sendo importada.

 


No quadro Dados Complementares da Nota Fiscal, informar eventuais dados que não constam no arquivo TXT ou XML. Estes dados serão utilizados na importação automática pelo agendador, bem como, pelas rotinas individuais de importação do Fiscal (Utilitários\ Importação\ NF-e/NCF-e/ CF-e (Saída/Devolução); Utilitários\ Importação\ Layout SPED Fiscal / EFD Contribuições.

 

Podem ser definidos dados complementares específicos para entrada ,saída e frete.

 

Informar Tipo de Lançamento

 

Informar conta para Nota Fiscal à vista: Marcando esta opção, será habilitado o campo Caixa/Banco para que seja informada a conta caixa/banco para contabilização. Se a nota fiscal que está sendo importada for à vista, será gravada esta conta caixa/banco para posterior contabilização da nota.

 

Informar o Item de Serviço

 

Informar a Operação Contábil

 

Informar Variação para os CFOPs: Neste campo, pode ser definida uma variação que será considerada para as notas que estão sendo importadas.

 

Regras:

 

Se não for informado nada no campo, será considerada automaticamente a primeira variação ativa dos CFOPs das notas;

 

Se informada uma variação no campo, será considerada esta variação para os CFOPs das notas. Se o CFOP não possuir a variação vinculada, será considerada a primeira variação ativa dos CFOPs.

 

Regravar Emitentes/Destinatários: Sobrepõe os dados já registrados, atualizando o cadastro dos emitentes e destinatários conforme as informações do arquivo texto.

 

ATENÇÃO! Marcando esta opção, os dados dos emitentes/destinatários já cadastrados no sistema serão sobrescritos com os dados constantes no arquivo de importação. Pode ocorrer perda de informações, caso no arquivo os dados cadastrais não estejam completos.

 

Listar Registros com Advertência: Informe se deseja listar no relatório de validação os registros com advertência, estes não impedem a importação.

 

Incluir automaticamente produtos não vinculados: Informe se deseja que os produtos serão cadastrados de forma automática.

 

ATENÇÃO! Embora esta opção facilite a inclusão das notas de entrada, deve ser utilizada com cuidado, uma vez que segundo as informações de preenchimento do SPED Fiscal, as informações referentes aos produtos devem ser informados sob a ótica do declarante (neste caso, o adquirente das mercadorias). Portanto, o correto é sempre efetuar a vinculação do código de produto do fornecedor, com o código do produto do adquirente, ao invés de simplesmente incluir na base de dados um novo produto.

 

 


Tópicos relacionados:

NFe
Integração com o NFe
NF-e ( Saída\ Devolução)
NF-e (Entrada)